O importante é como terminamos e não como começamos

Pode ser que você nesse momento esteja em dúvida ou que discorde do título desse post. Até mesmo porque eu já escrevi em outro momento de que para um relacionamento ser duradouro é muito importante se preocupar com o início da relação, ou seja, de construir um bom alicerce.

No entanto, quero me valer de um trecho da Bíblia para desenvolver o post de hoje. Está em 2 Timóteo 4.7 que diz o seguinte: “Combati o bom combate, percorri a carreira, guardei a fé.”

O apóstolo Paulo ao escrever sua carta ao seu discípulo Timóteo o alerta sobre os perigos da vida e de que ele próprio, como mensageiro de Cristo, combateu o bom combate, ou seja, enfrentou as dificuldades e situações adversas da vida de forma limpa e coerente. Tendo prudência, equilíbrio, sabedoria e coragem para avançar dentro de seu propósito.

E ao combater esse bom combati vivendo dia a após dia percorreu a sua carreira, isto é, caminhou no caminho de que havia visualizado quando aceitou sua missão.

E por fim, chegou ao fim guardando a sua fé. Frase linda que simboliza que ele venceu as dificuldades e barreiras que estavam em sua jornada. Ele se tornou vitorioso em sua missão.

Por essa razão utilizei para esse post o tema: O importante é como terminamos e não como começamos.

Significa que por mais que tenhamos que começar um relacionamento sob fundamentos fortes e colunas bem alicerçadas, ainda sim de nada adianta começar um casamento com uma linda festa, chamando todos os amigos e familiares para comer e beber com muita alegria, se ao longo dos anos isso tudo ficar para trás.

Pois, é justamente o que tem acontecido. As pessoas depositam grande expectativas no início de um relacionamento. Se cercam de muitas coisas como uma boa casa, carro, situação financeira, porém no decorrer dos anos o amor nesse relacionamento vai se acabando.

Então pergunto: Vale a pena investir tanto emocionalmente quanto financeiramente no início de um relacionamento, e permitir que após anos juntos não se tenha mais alegria, satisfação e amor um pelo outro?

Eu penso que não vale a pena chegar ao final da vida e constatar que tenhamos falhado na missão de construir um relacionamento saudável, prazeroso, próspero, abundante e que deixe um legado as gerações vindouras.

É sim muito importante iniciar um relacionamento com ótimas intenções e expectativas, porém é mais importante ainda chegar ao final da vida a dois e ter a convicção de que combateram juntos o bom combate, percorreram juntos uma jornada com altos e baixos, e que por fim chegaram com a fé, o amor e o respeito intactos.

Pense nisso, pois nada é mais valioso do que o legado que deixaremos em virtude de como nos compartamos ao longo de nossa vida.

Deus abençoe a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close