Como enxergar o casamento como um investimento e não como um gasto?

Em primeiro lugar precisamos deixar claro o significado dessas duas palavras: investimento e gasto.

Segundo o resultado da pesquisa na Wikipedia.

  • Investimento: substantivo masculino. Ato ou efeito de investir-se. Aplicação de recursos, tempo, esforço etc, a fim de se obter algo.
  • Gasto: adjetivo. Que se gastou, se despendeu, estragado, deteriorado, desgastado (pelo tempo, pelo uso).

Eu posso resumir da seguinte forma: Investir é colocar expectativas, tempo e dinheiro em algo com o objetivo de conquistá-lo com prazer de recompensa. Já Gastar é perder expectativas, tempo e dinheiro quando colocado ou gastado isso em determinada ação ou coisa.

Muitos casamento tem se perdido, pois desde o início deles o casal só gasta dinheiro, expectativas, energia e seus sonhos em uma relação que não tem um futuro promissor em virtude da própria atitude desse casal em vê-lo como gasto.

Já outros muitos casamentos são bem sucedidos, pois a todo momento o casal investe nessa relação. Um exemplo bom para ilustrar é esse: Um casal que vai de mal a pior gasta uma “nota preta” em uma viagem para um lugar paradisíaco. Agora um casal que sabe investir, eles ao realizar a mesma viagem estão investindo nesse relação conjugal evitando assim uma desarmonia entre eles.

É uma questão de focar a nossa atenção e nossas ações para aquilo que precisa ser feito. Uma relação é igual a um carro. Antes de iniciar a rodagem desse veículo é importante estar com o IPVA e o SEGURO em dias. E na medida que vai rodando com ele é muito importante também que se faça revisões para evitar prejuízos e principalmente que ele te deixe na mão.

No casamento também é assim. Antes de casar precisa haver um alinhamento entre o casal para definir alguns pontos importantes dessa relação e dessa estrutura familiar que está iniciando. Na medida que os dias vão passando um jantarzinho ali, um cineminha, um curso de casais, uma reunião com outros casais sadios em suas relações é muito bem vindo. Pois, isso vai fazer com que não se gaste com esse casamento e sim sempre esteja investindo e consequentemente previna-se problemas.

Não é por que Deus concebeu o casamento como sendo um dos seus maiores projetos que ele vai rodar automaticamente. Negativo! Precisa o tempo todo investir nesse casamento. O marido precisa investir em sua esposa e vice versa, pois dessa forma ambos estarão sempre prontos para devolver esse investimento em lucro que podemos traduzir em: Amizade, Felicidade, Amor, Companheirismo, Cumplicidade e tantos outros bons sentimentos entre um homem e uma mulher.

E agora! Consegue enxergar o que está acontecendo na sua relação? Investimento ou Gasto?

Deus os abençoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close